Imagine a seguinte cena: um músico sobe ao palco da mais importante sala de concertos do país (lotada), toca de forma arrebatadora, conquista o público e colhe elogios de músicos e críticos respeitados. Some tudo isso ao fato de esse músico estar sendo filmado e de que sua performance será transmitida em rede nacional; ele ainda está participando de um dos mais importantes concursos de música clássica do país e disputa o prêmio com músicos de grande talento. A situação acima é capaz de causar estresse em concertistas experientes e com muitos anos de carreira.

Entretanto, isso não foi um problema para Estefan Iatcekiw, pianista de 13 anos. Ele demonstrou muita segurança na final do programa Prelúdio 2017, realizada no dia 10 de dezembro na Sala São Paulo. O jovem Estefan interpretou com vigor, maturidade e musicalidade o 2º e 3º movimentos do Concerto para Piano No. 2, Op. 102, do compositor russo Dmitri Shostakovich (1906-1975). Sua performance emocionou os jurados, que concederam a Estefan o primeiro lugar. “Foi uma experiência maravilhosa. Tive a oportunidade de dividir o palco com grandes músicos e competidores muito bem preparados.”, avalia o jovem pianista.

Natural de Curitiba, Estefan iniciou os estudos ainda criança e fez seu primeiro concerto após um mês de aulas. “Toquei 3 peças, foi uma experiência muito gratificante.”, relembra Estefan, que planeja continuar os estudos, cursar uma faculdade de música no exterior e, um dia, tocar nos mais importantes palcos da música erudita, ao lado de grandes orquestras. No que depender de sua dedicação, paixão e entusiasmo pela música, a próxima grande conquista é questão de tempo.

Concertista: Como foi participar do Prelúdio 2017?
Estefan Iatcekiw: Foi uma experiência maravilhosa. Tive a oportunidade de dividir o palco com grandes músicos e competidores muito bem preparados. Logicamente, eu me inscrevi no concurso com o intuito de ganhar; a cada etapa que eu vencia, eu percebia que o meu sonho estava cada vez mais próximo; minha responsabilidade aumentava cada vez mais; eu me sentia cada vez mais feliz por saber que o público estava torcendo por mim e acreditando no meu trabalho e o desejo de levar o amor que sinto pela música estava tocando o coração das pessoas e deixando todos felizes.

Concertista: Com quantos anos iniciou os estudos?
Estefan Iatcekiw: Eu iniciei meus estudos de piano aos 5 anos. Aos 9, encontrei a minha querida professora Olga Kiun (confederação russa), que é a pessoa a quem eu dedico todas as minha vitórias e conquistas nos vários concursos em que obtive o primeiro lugar, ela é minha grande amiga e mentora, e, onde eu estiver, os conselhos e tudo o que a professora Olga me ensina estarão presentes por toda a minha trajetória. Sou extremamente grato por minha mãe, sem ela nada disso seria possível; minha mãe é minha companheira, sempre acreditou em mim; mesmo sem conhecer nada de música erudita, foi atrás de tudo para ajudar a realizar o meu sonho! Ela sempre está segurando a minha mão nas horas boas e ruins, com paciência e amor. Sinto muita gratidão por essas duas maravilhosas mulheres, minha mãe e minha professora. ◆

Foto: Cida Demarchi

 


 

 

Publicado no primeiro número da revista CONCERTISTA

A revista é publicada no formato impresso e digital. O conteúdo do site é o mesmo da revista impressa e 100% gratuito. Para comprar a revista impressa acesse  loja.concertista.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*